Tuesday, 25 May 2010

Heartless at best

Por algum motivo desconhecido, em um certo momento da minha vida eu passei a sentir menos. Eu não tenho aquela efusividade e paixão pelas coisas que eu supostamente deveria ter e não me importo com as coisas que eu supostamente deveria me importar. Não sei se isso se deve ao fato de eu ter crescido demais, ou talvez eu ainda não cresci o suficiente pra sentir esse tipo de coisa.
Todo dia eu vejo essas pessoas com todos esses sentimentos pra distribuir. Elas fingem tão bem que são perfeitamente estáveis que quase me fazem desejar ser uma delas. Quase.
Apesar da minha indiferença na maioria das vezes me fazer mais mal do que bem, eu não desfruto dessa necessidade de ter algo pra demonstrar. E pode até ser que eu seja a pior pessoa do mundo por não sentir nada por ninguém, mas pelo menos eu sei que é real quando sinto alguma coisa.

1 .:

Laryssa said...

Nossa. Disse tudo que estou sentindo e tentando explicar (não a mim mesma, talvez a ninguém)o que realmente estou sentindo. E fiquei surpresa ao me deparar com uma descrição tão perfeita daquilo que está se passando aqui, dentro de mim e fiquei mais surpresa ainda ao saber que não sou a única que se encontra vivendo num momento desses. Mal visitei seu blog, mas quando li essa postagem, te dei um "follow" sem hesitar.