Wednesday, 25 March 2009

Tecnicamente, Parece Mentira

Eu tenho um Q tão grande de egoísmo e ignorância que em certas horas até sinto orgulho de mim. Na maioria das vezes eu tento evitar esse meu 'lado bom', afinal não é todo dia que se pode não estar nem aí para os sentimentos alheios e ainda ganhar crédito por isso.
Felizmente ou não, o meu Temporal Pós Mês-conturbado toca fielmente a campainha a cada vinte e oito ou trinta dias, trazendo consigo uma enorme nuvem de sentimentos, sensações, vontades e bombas mal desarmadas. É a estadia que eu tenho de folga pra não pensar em mais ninguém. Eu posso explodir, posso ignorar, posso comer o Willy Wonka e toda aquela fábrica de chocolates simples. Posso dizer o desaforo que eu quiser e afirmar que sim, o mundo gira unicamente ao meu redor.
Mesmo com toda a 'pós tensão', posso considerá-la um privilégio. É a TPM que me faz assumir o meu verdadeiro 'Eu'. E melhor ainda, eu nem sequer preciso me desculpar.

6 .:

Bruna Bo said...

Cara, lendo o começo desse post, parecia que eu tinha escrito. Me identifiquei demais!

Eu gosto daqui. As cores do blog me deixam a vontade. AUISHIUDHUISD

- Jéeh said...

MUUUITO BOM

brúh. said...

pior que é verdade o último parágrafo... somos nós realmente, sem se importar com a opinião de ninguém :/
haha, eu pensei logo em coisa com matar mesmo porque é o maior sentimento --'
:*

Vitoria Dayane said...

Tpm é uuuumm saco amiga.. Ouuuuw meeu paai, peeense num jeito q eu ficoo.. ahsuahusua.. adoorei teu blog.. adicionei no meu..

Gaby said...

Oláá!
Encontrei seu blog no site da Capricho e adoreii, parabéns :D
Ótimoos posts!
Bjuu ;*

Jhé Cruz said...

Na TPM eu não sou eu, tenho certeza! Não é possível que eu seja tão chata assim.